Confira os principais insights e tendências de Marketing Digital para planejar os investimentos de marketing para 2020.

Com a aproximação do último trimestre do ano, é chegado o momento de avaliar as estratégias e as tendências que prometem movimentar o próximo período para definir o budget de Marketing para 2020.

Todos os anos, apresento aqui no blog alguns importantes insights do mercado de Marketing Digital com o intuito de colaborar para a alocação de verbas para o planejamento de Marketing.

Pautado nos principais destaques das pesquisas da SMO Survey, eMarketer, entre outras, elenco a seguir algumas das importantes tendências de Marketing Digital para 2020 que vão ajudá-lo a direcionar as verbas para o próximo ano. Essas pesquisas dizem respeito aos Estados Unidos, mas sabemos que os Estados Unidos são um guia para as mudanças que veremos no Brasil e em outros países.

De acordo com a pesquisa, a expectativa é que o budget de Marketing das empresas cresça 8,7% em 2020, sendo que as empresas do setor de serviços planejam investir mais em marketing do que as que vendem produtos.

Além disso, empresas que possuem mais de 10% do faturamento proveniente da internet, pretendem investir quase o dobro das demais, cerca de 13,6%. Outro dado interessante e que para mim ajuda a confirmar também a importância do marketing digital, é que, percentualmente, as empresas pequenas tendem a investir mais em Marketing, em proporção a sua receita, do que as grandes.

O percentual de investimento em Marketing no budget total das empresas também atingiu o seu pico máximo no relatório, 12%. Ainda, as empresas pretendem investir mais em marca (+7,9%) e CRM (+8,9%), apesar de os números serem menores do que no início de 2019.

Também importante ressaltar que o crescimento do investimento em Marketing Digital continua superando o de Marketing Tradicional. Inclusive, em setores como o de serviços B2B e produtos B2C, o budget do Marketing tradicional chegou a apresentar uma queda.

Em relatório apresentado pela eMarketer, é possível observar uma aceleração alta nos investimentos em Mídia de Marketing Digital. A expectativa é que eles representem mais de 66% do budget total de Investimento em Marketing em 2023, conforme gráfico abaixo:

Vale reforçar que as empresas, quando se fala de marketing, estão priorizando os investimentos em geração de novos clientes ao invés de marca e inovação, conforme apontam os gráficos a seguir:

Investimentos em mídias pagas

Entre as mídias pagas, o destaque ficou por conta dos impressos, SEO e demais mídias digitais, como as redes sociais e a busca paga. Sendo que quanto maior a receita proveniente da internet, maior é a porcentagem de investimento nas mídias digitais.

De acordo com dados do eMarketer, os investimentos em TV, jornais e revistas seguem a tendência de queda de 2018 nos Estados Unidos. Enquanto o digital cresce dois dígitos ao ano.

Tendências de Marketing para 2020

Experiência do cliente

O foco no cliente é uma das grandes tendências para 2020. Portanto, os departamentos de Marketing elegeram as capacidades de desenhar, entregar e monitorar a experiência do cliente como o principal desafio nesse sentido.

Ao compararem a atividade com os concorrentes, as empresas acreditam ainda oferecer experiências defasadas aos clientes. Além disso, a confiança é baixa na área do Marketing em relação à mensuração da percepção, emoções e comportamentos do cliente ao longo da jornada de compra.

Por fim, vale dizer que as empresas enxergam a satisfação dos colaboradores como essencial para melhorar também a satisfação dos clientes.

Social Media Marketing

No começo de 2019, houve uma redução no investimento em mídias sociais. No entanto, os canais voltam a crescer agora no final do ano.

Ainda assim, o otimismo relacionado aos investimentos nas mídias sociais é alto: a expectativa é que o budget cresça em 89% nos próximos 5 anos.

Como já era de se esperar, em empresas nas quais o faturamento via internet passa os 10%, os investimentos em mídias sociais são cerca de 17,6%. Para as demais, a porcentagem fica em 9,1%. Ainda, o setor de venda de produtos B2C é o que mais investe nos canais.

Mesmo com os investimentos altos, no entanto, as mídias sociais ainda são vistas como contribuintes moderadas para a performance do negócio.

Talvez, boa parte dessa percepção venha do fato que as empresas ainda mostrarem falta de conhecimento e eficácia em integrar as informações de compra e comunicação nas mídias sociais, como mostra a pesquisa.

Mobile Marketing

Os investimentos de Marketing voltados para o mobile seguem crescendo nos últimos 5 anos. A expectativa é que, nos próximos cinco, a alta chegue a 71%, sendo que empresas de bens e serviços esperam dobrar o budget do mobile no mesmo período.

Assim como no caso das mídias sociais, o Mobile Marketing ainda segue a passos lentos em relação à contribuição que traz para a performance das empresas. No entanto, organizações que vendem pela internet reportam resultados mais fortes provenientes do mobile.

Marketing Analytics

O investimento em análises dentro do Marketing (analytics) tem crescido de forma consistente nos últimos três anos, indo de 4,6% do budget para 7.2%. Nos próximos três anos, a expectativa de crescimento é de 61%.

Novamente, empresas que faturam mais via internet também investem mais em Marketing Analytics. Ainda assim, os setores de Educação, Tecnologia e Comunicação/Mídia são os que mais demonstraram o impacto do investimento em analytics em suas performances.

A pesquisa ainda revelou um aumento de 27% no uso da inteligência artificial e machine learning em relação a 2018. A expectativa é que o investimento nas tecnologias aumente ainda mais nos próximos três anos.

A maioria das empresas usa a inteligência artificial para personalizar conteúdo, prever tendências e obter insights de consumo, sendo que mais de 81% delas já conseguem observar o impacto desses dados na rotina e nas estratégias de Marketing.

A importância do Marketing dentro da organização

De acordo com a pesquisa, o Marketing continua sendo um dos importantes conhecimentos dentro das organizações, seguido pela habilidade de coletar e analisar insights dos clientes.

Apesar de as empresas continuarem apostando na capacitação de colaboradores para aprimorar o conhecimento em Marketing, há uma tendência apontando para o outsourcing, por meio de parcerias com agências e consultorias.

Ainda falando sobre o departamento de Marketing, a percepção de que novas tecnologias aumentam a importância da área cresceu, conforme indicado no gráfico:

Conclusão

O mercado do Marketing caminha para focar cada vez mais em oferecer experiências surpreendentes aos clientes. Não é à toa que os investimentos em capacitação, outsourcing e tecnologia vem crescendo na área.

Além disso, é possível reforçar mais um ano que o Marketing Digital deixou de ser uma tendência para se tornar uma realidade, especialmente em negócios em que o investimento nesses canais colabora diretamente para o faturamento.

Agora, o próximo passo está em justamente encontrar maneiras de personalizar ainda mais as mensagens e acompanhar o comportamento e a jornada de compra dos consumidores. Afinal, é partir desse entendimento que será possível otimizar as verbas e, assim, permitir que o Marketing Digital atinja o seu potencial máximo de performance.

Por Caio Cunha
Fonte: WSI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *